Resenha: Destrua este Diário (Wreck this Journal) - Keri Smith


Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho.
A ideia surgiu quando Smith começou a refletir sobre o início da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.

Olá, galerinha! Voooltei! (Amém?) Depois de quase dois meses sem conseguir escrever uma linha sequer, tento descrever aqui, minha experiência com o livro "Destrua este Diário" Escrito pela Caadense Keri Smith e publicado pela Editora Intrínseca aqui no Brasil. Wreck This Journal é um tipo diferente de diário, diferente, pois em cada página encontramos "tarefas" a serem cumpridas, formas diferentes de destruir o diário a cada virada de página, um tipo de "destruição guiada".

Eeeentão, Vivi... conta aí! Pois é, quem já foi a uma livraria comigo sabe o verdadeiro fascínio que tenho por livros, a verdadeira transformação que sofro ao entrar em uma livraria. Sou uma bookaholic assumida, e tenho algumas manias meio bizarras na hora de comprar um livro... (como por exemplo olhar lombada por lombada de cada exemplar da bancada, entre tantas outras). Sou extremamente ciumenta com meus livros, emprestar algum livro meu é praticamente uma prova de amor. Me disseram uma vez que tenho um tipo de TOC com livros, e assumo mesmo, sou super chata com meus livros, e perfeccionista com tudo que tenha relação à eles.

Depois desse desabafo inicial, acho que dá pra começar a imaginar minha reação com o "Destrua este Diário". Ah! Que sensação mais filha da mãe! Ao mesmo tempo em que você se empolga com a proposta da autora, você se desespera (tá, meio forte se desesperar, não?) por ter que destruir o livro. Gente! E quando falo destruir, é destruir mesmo! Cuspir, mastigar, pisar, derrubar café, colar coisas no livro, cortar, rasgar, furar, molhar... entre tantas outras coisas. Agora imaginem uma pessoa que quase chora quando aparece um amassadinho no livro, uma pessoa que carrega livros na bolsa com capinha protetora, destruindo um livro de tantas formas diferentes? Mas não pensem que o diário é só destruição... tem artes bem bacanas feitas pelos leitores no site do livro, e algumas partes do diário dedicadas a expressar sentimentos, culpas, momentos de felicidade, angustia... 

Maaaas, eu topei o desafio e entrei em uma booktour que a editora organizou, e consegui superar algumas das minhas piores "manias literárias" (não que depois disso eu vá levar algum livro meu pro banho -.-') após o breve período que o livro ficou comigo. Abaixo vocês podem conferir algumas fotos da parte que coube a mim nessa destruição do bem! (Tem fotinhas no meu Instagram também!)



Já tenho um exemplar só meu, novinho aqui em casa! *-* E aí? Mais alguém "fez" o diário? Vou adorar ver fotos da destruição de vocês! Enviem fotos pro meu e-mail pessoal vikol32@hotmail.com caso queiram compartilhar suas experiências com o diário em uma postagem aqui no blog!

Bjokas!

11 conversinhas:

  1. Tadinho do livro, rsrsrsrsrs
    Uma ideia com certeza inusitada, não sei se conseguiria fazer tudo isso não.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk foi um terror destruir o diário, mas confesso que foi bem divertido ;*

      Excluir
  2. Não entendi bem a proposta do livro. Apesar de não ser ciumenta com meus livros, gosto de conserva-los e doí no meu coração ver um livro destruído. Mas a parte da criatividade eu gostei.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Gisela, a parte legal do livro é que você interpreta as instruções como quiser, e nem precisa detonar o livro, dá pra inventar várias formas de interagir com o livro sem detoná-lo :3

      Excluir
  3. oque seu blog nos transmite é muito bom Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Sem coragem alguma de destruir! Achei a edição da Intríseca perfeita, a textura do livro é simplesmente incrível, e a ideia da Kiera também é demais. Infelizmente, acho que não estou preparada para arrebentar lombadas :'(
    http://devaneiosdemia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu quero !!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir


  6. Oi adorei .. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...mas veja o livro que todo Cristão deveria ler....esse livro é benção de Deus, ele se chama reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos..acesse o link e digite a palavra reverso e de uma conferida na sinopse do livro...ha a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..fundo..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Seu comentário alegra meu dia! ^.^ Volte Sempre!

Blog Selecionado!!

Estou Lendo

Google Analytics

Eu Apoio!

Visualizações de Página

Traduzir

Blog Protegido

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Emporio dos Livros © 2012 | Todos os Direitos Reservados | Design by Cantinho Cute Design