Cursed City - Vários Autores

CONTOS E AUTORES:
O gigante, a curandeira e a lutadora de Kung-Fu - Alfer Medeiros
Oricvolver - Ghad Arddhu
Número 37 - Carolina Mancini
Por um punhado de almas - Cirilo S. Lemos
A balada do coyote - André Bozzetto Jr.
Just like Jesse James - Alliah
A mão esquerda de Deus - Georgette Silen
Deixe-me entrar - Verônica Freitas
Demônios da escuridão - Tânia Souza
Domingo, sangrento domingo - Romeu Martins
Nem sempre a fé te salvará - M.D.Amado
Sally - Valentina Silva Ferreira
As desventuras do pequeno Roy - Jota Marques
Aquele que vendia vidas - Ana Cristina Rodrigues
Duas lendas - Chico Pascoal
Ainda dói? - Davi M. Gonzales
Só o dinheiro dos mortos - Yvis Tomazini
O fantasma de Fraklin Stuart - Lucas Rocha
Descanse em paz - Zenon
 
Sombras - Marcel Breton

Book Trailer



Resenha por @annielus Ana Luisa

Saindo de Cursed City

A primeira coisa que você deve saber sobre “CURSED CITY – Onde as Almas não têm valor" é que este é um livro de contos. Muitas vezes as pessoas não prestam atenção no resumo da obra e perdem esse detalhe (que acreditem, é importante!). São 20 autores, escrevendo sobre uma paisagem no Velho Oeste do estado americano do Texas. Rota de fuga para foras da lei, alvo de constantes ataques por parte dos Apaches, ninho para todas as falhas morais que um ser humano possa imaginar existir. 

O lugar que num passado fora conhecido por Golden Valley, é descrito nos contos durante o período de 1845 a 1870. Ali, naquele tempo, a cidade já não conta com os gloriosos tempos da busca por ouro e sequer a ferrovia conseguiu ser construída (ou melhor, reconstruída). 
Naquele lugar esquecido por Deus e temido até pelo Diabo, são relatados todos os tipos de atividade sobrenatural. E foram esses acontecimentos que levaram o Golden Valley a perecer nos pesadelos de todos como Cursed City.

Toda a descrição do lugar feita no livro me lembrou 2 coisas: 
1) O seriado Deadwood da HBO - Na verdade, a cada ‘passo’ que eu dava para dentro desse pedaço do inferno, eu conseguia me lembrar das ruas de Deadwood e todo o clássico clichê do Western americano. Isso em minha opinião facilitou a visualização do livro, tendo em vista que vi pouquíssimos filmes nesse estilo e nunca havia lido nada sobre o Velho Oeste.
2) Uma música da banda The Eagles, intitulada ‘Hotel Califórnia’. Várias estrofes da música combinam com a cidade. Principalmente quando diz que "você nunca poderá partir".

Como todo livro de contos, nem sempre a gente aprecia 100% do que foi escrito. Aqui eles vão abordar os desastres constantes e horrores que ocorrem na cidade por vários prismas. Bestas indescritíveis, fantasmas desordeiros, espíritos com sede de vingança, zumbis...e também todas as tentativas frustradas de fugir daquele lugar. 

O anoitecer só trás mais escuridão e sombras: não há outra coisa a fazer senão se trancar em casa ou no saloon e torcer para não ser pego por alguma força sobrenatural. Aos temerosos e desbravadores, o final quase sempre é o mesmo: um amontoado de entranhas e sangue formando um lamaçal pelas ruas da cidade. 

Existem alguns personagens constantes na cidade. Pessoas que estavam por lá durante esse período e presenciaram a maioria dos fatos, como por exemplo o velho Billy Monstrengo (dono do Saloon local aonde se encontram as únicas mesas de carteados e as damas para todos os tipos de diversão), o prefeito (que se esconde com sua família numa fortaleza construída às custas do dinheiro que desviou da Prefeitura) e um índio desertor chamado Hodoken (que é o que você vai conhecer como o mais próximo de um médico para socorrer os habitantes). 

O cargo de xerife é tão movimentado quanto os gritos que correm na noite da cidade. Já se perdeu a conta de quantos usaram a insígnia. Não há como ser um xerife nessa cidade sem assinar uma sentença de morte prévia. Ou você vira a cara para o que acontece, ou você é morto no curso de alguma investigação sobrenatural. Ainda existe a Igreja local que nunca tem sua construção terminada e a Ferrovia, que se torna um grande mistério na cidade.

Os contos que mais me prenderam foram “Número 37”, “A balada do Coyote”, “Deixe-me entrar”, “Sally”,“Descanse em paz” e “Sombras”. Os personagens, cada um em sua ‘realidade’ são muito sólidos e me fizeram interagir com seus jeitos de pensar e suas lógicas..algumas vezes bem deturpadas.

No geral é um livro interessante, com histórias interessantes. O acabamento é muito bem feito. O que me incomodou (e muito), foram às margens serem muito estreitas (não sei se é assim que se fala) e a letra ser pequena. Isso dificultou a minha leitura, me deixando até mais cansada pra ler durante horas, como eu costumo fazer. 

Editora Estronho / @estronho gentilmente nos cedeu marcadores para sortear entre os comentaristas dessa resenha!!

Serão sorteados 3 marcadores exclusivos de Cursed City entre os comentaristas!! Atenção!! Só serão validados comentários sobre a resenha!! Nada de escrever: Legal!! Gostei!! Participando!! e coisas do gênero!

O Sorteio será feito na Quarta-Feira dia 06/07/11 e o envio dos marcadores será feito diretamente pela Editora.

Deixar o Twitter ou e-mail no comentário para entrarmos em contato.


Resultado do Sorteio de marcadores:

1-Agda
4-Vivi (minha participação não vale)
9-Danni
10-Thayná 
15-Rafael 












Parabéns Alessandra, Tyele e PamFardin!!!
Enviem nome completo e endereço para o email vikol32@hotmail.com


Bjokas!!!

20 conversinhas:

  1. Ana vou ser sincera o tema velho oeste não me atrai muito.
    Mas o sobrenatural sim adoro livros grandes e se forem séries melhor ainda,mas acho que livros de contos tem o seu valor e charme.Achei a capa linda *-*
    Ana parabéns por mais essa resenha que está ótima!

    @Agda01

    ResponderExcluir
  2. Histórias de Velho oeste sempre me atrairam e muiiito!! E ter um livro cheio de contos nacionais sobre o tema é um prato cheio para mim!! Estou louca pelo livro!
    ADorei sua resenha!! Sempre achei difcil conseguir resenhar um livro de contos hihihihi
    beijos

    @livromaniaca

    ResponderExcluir
  3. Como já tinha dito no twitter, ótima resenha. Concisa, cheia de detalhes e muito bem feita. Gostei do modo como você fez, sem dar nenhum spoiler dos contos, apenas ambientando o leitor e deixando-o com aquele gostinhoa de quero mais.

    Parbaéns!

    @thiiivieira

    ResponderExcluir
  4. Será que eu tbm posso participar?? kkk
    Annie!! Sua resenha ficou Ma Ra Vi Lho Sa!!
    Adoro contos e acho extremamente díficil fazer resenha!!

    Bjokas Companheira no Crime!!! Hauahaiahahahuhaa

    ResponderExcluir
  5. Adoro histórias do velho oeste *-* Li Tequila Vermelha, bem ao estilo Texano, não muito diferente desse estilo :D Adorei sua resenha, espero ter a oportunidade de ler esse livro um dia ^^

    Bjs
    Pam Fardin
    @pamfardin
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Estou um pouco cansada de sobrenatural e contos não são meu estilo favorito. Mas gostei da resenha e do cenário velho oeste, acho que não li nada neste tema. Outro ponto muito positivo é a beleza e atratividade da capa, e como sou super fã de capas já viu.. Mais um livro interessante que para listinha de futuras aquisições!
    Bjkas,
    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Adoro contos e esse livro é simplesmente recheado deles. Velho oeste sempre me fascinou. Tenha certeza que esse livro é mais um pra minha lista de desejados. Linda a resenha Parabéns!
    contatomarciapaiva@gmail.com
    @segredoskferem

    ResponderExcluir
  9. Nunca imaginei que esse livro fosse contos. Tá, eu deveria ter parado e dedicado um tempinho para ler algo sobre ele.

    Contos até que são legais, e é claro que nunca vamos gostar de todos que lemos numa "coletânea".

    Os marcadores e a capa do livro dão um certo "medo", né? kkk Esse clima deserto, coisas sobrenaturais acontecendo... medo, medo, medo...

    E-mail: tsp.tiago@hotmail.com
    Seguidor: Tiago
    Twitter: @tiagoodesouza

    EU QUERO GANHAR O MARCADOR!

    u.u

    ResponderExcluir
  10. Bem, dois pontos pra mim se destacam.
    1- Não sou mto fã de livros de contos.
    2- Tbm não sou fã do velho oeste. =/

    Mas não é que sua resenha me chamou atenção!? rsrs

    Acho que vc explorou um jeito bem legal ao partilhar pra gente.
    Quem sabe eu o leia um dia...
    daninhadbs@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Então, não entendi muito bem... São vários contos, mas todo se passam no mesmo cenário?

    Olha, vou falar que, pra mim, velho oeste tem TUDO a ver com fantasmas, o que de certo modo me assusta um pouco porque mooorro de medo de livros de fantasmas e zumbis (fantasmas no sentido e mal assombrado, daquele tipo, que fica assustando todos mesmo, por questão de maldade mesmo).

    Mas no geral parece ser um livro bem interessante, pena que é de contos, e isso me desanima um pouco, porque sempre que a gente está se aprofundando cada vez mais na história, de repente, ela acaba. Mas enfim, não posso julgá-la apenas por isso, né?

    Ótima resenha, btw. Adorei!

    Beijos :*

    @ThaynaFructuoso
    @bookaholic.girls@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Eu não consigo gostar de coletâneas. Claro que leria se ganhasse ou livro ou algo do tipo, mas para comprar realmente não me interesso a esse ponto =/

    Mas adorei a capa, muito legal!

    Bjs,
    Kel - It Cultura
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Annie!
    Adoro histórias do velho oeste, estou super curiosa! Não imagina que seriam contos =) Tudo a ver sobrenatural com velho oeste!!
    Sua resenha como sempre ficou impecável!
    Eu quero esses marcadores lindos *-*
    beijocas
    @JuhSutti
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  14. Diagramação ruim realmente é difícil. Às vezes até faz perder o encanto do livro! Agora, sobre antologias, eu sou um pouco careta... Não sei, mas se me oferecerem um livrou ou uma antologia, escolherei SEMPRE o livro, por mais que o tema da antologia seja melhor. Acho que um dos "obstáculos" de leitura, por seres vaários autores, com seus vário estilos que me deixam um pouco insegura, porque, como você disse, nem sempre gostamos de todos os estilos da antologia D:

    @_patriciacamarg

    ResponderExcluir
  15. Gente que capa é essa ?? Doidera pura ,rs pra ser sincera nunca li nada com esse tema velho oeste ,cowboy etc ,e tb nao leio muito contos não ,mas esse chamou muito a minha atenção ,pra ler a noite sozinha e gelar de medo rs . Adorei os marcadores que coisa mais linda ! Bjus Vivi

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada de velho-oeste, mas gosto muito da temática, gosto de contos. Acho que preciso ler! Adorei a resenha!
    A Estronho está sempre instigando todo mundo com suas coletâneas. \o
    Beijo
    @rafaschiabel
    http://lembradaquelahistoria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Velho oeste parece ser bem chatinho (para mim), mas, como é terror, me interessou bastante, toda essa coisa ao redor da cidade, parece ser muito legal, fugiu daquela coisa tosca dos filmes, me interessei pelo livro!

    @felippe512
    felippe512@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Não é pelo marcador, hehe
    Passando para agradecer a resenha!
    Fico feliz que tenha gostado do meu conto =D

    ^^

    ResponderExcluir
  19. Que medo oO
    Aquela mãozinha "delicada" da capa ja deixa com medo...
    agora eu não sei se leria de noite hauhaush

    Eu sabia que tinha algo a ver com "faroeste" mas não tinha me ligado que tinha esse lado sobrenatural predominando.

    Billy Monstrengo? shausah Assustador :P Fiquei curiosa pra saber o pq do nome.

    Fiquei bem curiosa...bem curiosa mesmo!
    Mas não sei se o livro é terror mesmo, ou só aquela pegadinha sobrenatural de sempre? Pq eu sou medrosa e se for terror mesmo eu vou ficar traumatizada #Fato


    Adorei a resenha Ana *.*

    Beijos
    @alessandramessa

    Tipo

    ResponderExcluir
  20. Outro belo livro que se passa no velho oeste é: O Herói Anônimo do autor Renan Rangel. Um ótimo romance que com certeza merece muita atenção!
    Vale a pena conferir!
    http://www.editorabarauna.com.br/o-heroi-anonimo.html

    ResponderExcluir

Seu comentário alegra meu dia! ^.^ Volte Sempre!

Blog Selecionado!!

Estou Lendo

Google Analytics

Eu Apoio!

Visualizações de Página

Traduzir

Blog Protegido

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Emporio dos Livros © 2012 | Todos os Direitos Reservados | Design by Cantinho Cute Design