Hex Hall - Rachel Hawkins

Sinopse:

Há 3 anos, Sophie descobriu que não é uma menina como as outras. Ela é uma bruxa e, até agora, isso só lhe trouxe alguns... arranhões! Sua mãe fez tudo o que pôde para ajudar: leu o que conseguiu encontrar sobre bruxas, fadas e magia; procurando consultar o pai ausente de Sophie — um poderoso feiticeiro europeu — só quando necessário. Até que a menina atrai atenção além da conta depois de um feitiço de amor poderoso demais... E é seu pai que define a sentença: Sophie deve ir para Hex Hall, um reformatório afastado de tudo e de todos que está sempre de portas abertas para receber qualquer “prodígio” que saia da linha — ou seja, além de bruxas como Sophie, fadas, metamorfos etc. E a tendência de Sophie para encrencas não decepciona. Já no fim do primeiro dia, ela acumula problemas: três poderosas inimigas que mais parecem supermodelos, uma fantasma que cisma em persegui-la, uma paixonite idiota pelo feiticeiro mais charmoso da escola — e ele tem namorada, mas como Sophie poderia saber? Para piorar, sua companheira de quarto é a pessoa mais odiada do campus, e a única vampira entre os alunos... Sim, os sanguessugas não têm boa fama, e uma série de ataques a estudantes acaba fazendo da única amiga de Sophie a suspeita número um na mira do Conselho e da direção da escola. Isso não é tudo, e Sophie precisa se preparar. Uma antiga sociedade secreta determinada a destruir todos os prodígios, inclusive e principalmente ela, parece estar mais próxima do que nunca de Hex Hall. Sophie terá de descobrir, do que sua magia é capaz e, sobretudo, suas origens e quem ela é de verdade. 

Realmente Hex Hall me impressionou! É claro, eu já tinha muitas expectativas sobre esse livro, mas com certeza ele superou todas elas!!

Sophie descobriu a 3 anos que não é como as outras garotas da sua idade, é claro, ela gosta de garotos, roupas e outras coisinhas que meninas da idade dela gostam, mas Sophie descobriu que ela é uma Bruxa e desde então só se mete em confusão!

Na última, Sophie fez um feitiço de amor que deu certo até demais, e com isso acabou chamando muita atenção para si, então seu pai (que ela não conhece) deu a sentença: Sophie irá para uma escola especial para jovens prodígios como ela (uma espécie de reformatório) a Hecate Hall ou Hex Hall como os alunos preferem chamar.

Logo em seu primeiro dia Sophie mostra que ela com certeza é a garota mais propensa a confusões que existe, arruma briga com um Metamorfo, três inimigas poderosas e de quebra se apaixona pelo Feiticeiro mais charmoso de Hex Hall, que por acaso é namorado de uma das três poderosas acima. Além disso, sua companheira de quarto é a pessoa mais odiada em toda a escola e é uma vampira, a única em toda Hex Hall.

Jenna (a vampira) se tornou a melhor amiga de Sophie e a principal suspeita de uma série de ataques a estudantes no campus. Logo Sophie estará se empenhando ao máximo para provar a inocência de Jenna, e irá descobrir muito mais do que ela imagina...

Hex Hall é simplesmente viciante!! Com uma magia que nos envolve até a última página. Já estou esperando ansiosa pela continuação...

“Em vez de Twilight Zone, aquilo deveria se chamar “zona do Meu Deus, quanta coisa rosa”. Pág 39

“No entanto, o quarto parecia ter sido decorado pela filha maldita da Barbie com a Moranginho.” Pág 39

“ – Archer não é fofo – corrigiu ela. – Cachorrinhos são fofos, bebês são fofos, eu sou fofa. Archer Cross é totalmente gato. E eu nem gosto de meninos”. Pág 89


Bjokas!!! 

7 conversinhas:

  1. Quando eu li: “Em vez de Twilight Zone, aquilo deveria se chamar “zona do Meu Deus, quanta coisa rosa”. Pág 39

    Eu sorri demais! =D
    Adoro a Jenna

    ResponderExcluir
  2. achei o livro, meio potteriano, mas foi isso que me encantou, adoro essa tematica, adorei a resenha e com certez eu quero um pra mim!!!
    bjos!!
    corujão books
    @pablo_arcary

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho muita vontade de ler esse livro , parece ser muito divertido e interessante,Sophie parece ser a maior desastrada e engraçada, fiquei com mais vontade de ler!

    ResponderExcluir
  4. “ – Archer não é fofo – corrigiu ela. – Cachorrinhos são fofos, bebês são fofos, eu sou fofa. Archer Cross é totalmente gato. E eu nem gosto de meninos”. Pág 89

    Ri muito com esse trecho este livro é um dos muitos que tenho vontade de ler e a sua resenha Vivi só aumente minha curiosidade!
    @Agda01

    ResponderExcluir
  5. Adorei a sinopse e a resenha, adoro esse tipo de livro, vou até anotar o nome dele aquiii ^^

    Bjs Vivi!
    Pam Fardin
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Vivi,

    Não conheço este livro, mas tive noção pela sinopse, eu pude ter ideia do estilo narrativo, e creio que seja interessante.

    Bjs
    Renata

    ResponderExcluir
  7. Louca pra ler esse livro. Só vejo críticas positivas dele e por isso a vontade só aumenta!!!

    Bjinhos!

    @BempraMente
    @swannx
    Swan

    ResponderExcluir

Seu comentário alegra meu dia! ^.^ Volte Sempre!

Blog Selecionado!!

Estou Lendo

Google Analytics

Eu Apoio!

Visualizações de Página

Traduzir

Blog Protegido

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Emporio dos Livros © 2012 | Todos os Direitos Reservados | Design by Cantinho Cute Design